PSC de Chapecó confia na via alternativa para a eleição municipal

Partido conversa com lideranças empresariais e de outras siglas para formar chapa na disputa pela prefeitura

- Publicidade -
 

Bruno Pace Dori
politica@diariodoiguacu.com.br

Lideranças do PSC de Chapecó foram convidadas nesta semana, por um grupo de empresários, para participarem de uma reunião para iniciar a articulação de uma via alternativa na disputa municipal desde ano. Estiveram presente, ainda, a deputada federal Caroline De Toni (PSL) e alguns filiados ao partido NOVO, embora a sigla não tenha diretório oficialmente constituído.

O presidente municipal do PSC, Douglas Minuzzo, confirmou a participação na reunião e que o grupo quer dar ao eleitor uma opção diferente em 2020. “Não queremos um nome que já seja político. Queremos um gestor, alguém que entre e mude a administração. Não sabemos quem será, apenas, neste momento, estamos discutindo um projeto diferente para Chapecó”, disse.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Minuzzo ressaltou que a discussão ainda está no início e que o grupo voltará a se reunir para afinar as discussões. “Somos o fato novo. A população espera algo diferente, não quer mais votar sempre nos mesmos. Ainda é cedo, mas, estamos trabalhando para ser verdadeiramente uma alternativa”, explicou. Além dele, outras lideranças do partido participaram da reunião.

Conforme o presidente, o partido deve nome à majoritária, porém, disse que ainda é cedo para saber quem pode concorrer. “Temos alguns nomes à disposição e vamos discutir em um segundo momento. Nossa bandeira sempre foi conservadora, de defesa da família e da ética. Não somos um partido de uma igreja, defendemos valores cristãos”, completou Minuzzo.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Em Chapecó, o PSC está organizando a chapa para a disputa à Câmara Municipal. A estratégia partidária já vem sendo discutida desde o ano passado. Conforme Minuzzo, os pré-candidatos são líderes comunitários. “Hoje são uns 15, entretanto, queremos lançar o maior número de candidatos possíveis. Temos bons nomes e o nosso objetivo é conquistar uma vaga”, destacou.

O PSC passou a ter um maior protagonismo em Santa Catarina no fim de 2016, quando o então deputado estadual Narcizo Parisotto assumiu a presidência estadual do partido. Em 2018, ele elegeu seu sucessor, deputado Jair Miotto e, agora, a legenda planeja as ações para as eleições municipais, onde pretende lançar candidatos a prefeito e vereador nos principais municípios.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Ministério Público firma TAC com Câmara de Irani para diminuir gastos com diárias
Comissão discute isenção do ICMS na compra de veículos por pessoas com deficiência
Audiência ouvirá dirigentes de sindicatos sobre reforma da previdência
Governador libera recursos para Chapecó e região
Estado e município assinam convênio para novo Contorno Viário em Chapecó
Uma nova etapa no atendimento à população do grande Oeste, diz diretor do HRO
Convênio garante novo Contorno Viário em Chapecó
Nova ala no Hospital Regional do Oeste será entregue nesta sexta-feira (21)
Reajuste do salário mínimo estadual segue para sanção do governador
Bancada do Oeste cobra revitalização de rodovias estaduais da região