Réu é absolvido da acusação de tentativa de homicídio por falta de provas em Chapecó

Ele era acusado por um crime que aconteceu durante uma briga em um bar em 2010

- Publicidade -
 

Uma das sessões mais curtas aconteceu nesta sexta-feira (24), na comarca de Chapecó. Um homem foi absolvido da acusação de tentativa de homicídio, qualificado por motivo torpe, contra Jorge Vaz.

Segundo o Tribunal de Justiça, em aproximadamente 15 minutos, a promotora, que trabalhava na acusação, sugeriu a absolvição do réu devido à insuficiência de provas.

Na sequência, o advogado fez sua defesa e os jurados votaram pela absolvição. A sentença foi lida pouco mais de três horas depois do início da sessão.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região

O crime

De acordo com os autos, o crime aconteceu no dia três de julho de 2010, por volta das 23h, em frente a um bar no bairro Palmital. Os dois já tinham uma desavença de um jogo de sinuca.

Eles entraram em luta corporal e o réu absolvido teria retirado a arma do irmão vítima, que também estava na briga, e acabou disparando. O tiro acertou o lado direito do peito da vítima.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mulheres dinamizam o cooperativismo catarinense
Sicredi promove ações e arrecada alimentos para famílias em Chapecó
90% dos casos de vandalismo são em contêineres recicláveis
Bolsonaro sobrevoa algumas áreas atingidas por ciclone bomba em SC
“O desafio é estar sempre na vanguarda”, diz reitor da Unochapecó
Neste sábado (4): Aurora promove live para celebrar o Dia de Cooperar
Epagri ajuda na recuperação das perdas rurais e pesqueiras após passagem de ciclone
Chapecó terá teste para Covid-19 em drive-thru neste sábado
Corpo de Bombeiros Militar registra quase cinco mil chamadas para atendimento
Homem é furtado e encontra objetos a venda nas redes sociais em Chapecó