Réu que invadiu pizzaria para matar homem é condenado em Chapecó

Ele foi condenado a 16 anos de prisão. Caso aconteceu em 2016

- Publicidade -
 

O homem que invadiu uma pizzaria em Chapecó foi condenado a 16 anos de prisão na sexta-feira (4). Dois eram os acusados de invadir a pizzaria em implantação no bairro Líder, em Chapecó, e matar uma das cinco pessoas que trabalhavam no local, após efetuar diversos disparos de arma de fogo.

Um deles foi condenado a 16 anos e quatro meses de reclusão, em regime fechado. Como já estava preso preventivamente, o réu saiu da sessão diretamente para o complexo prisional. O outro homem que respondia pelo mesmo crime acabou absolvido por falta de provas.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região

A sessão, que ouviu três testemunhas e se estendeu por 11 horas, foi presidida pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira. Na acusação esteve o promotor de justiça Moacir José Dalmagro. E na defesa atuaram os advogados Cristian Robert Gura, Pâmela Cristine Barbosa Camargo e Sérgio Padilha. O crime ocorreu no dia 22 de dezembro de 2016 e foi julgado na última sexta-feira (4).

Relembre o caso

Um homem de 39 anos foi morto a tiros na tarde do dia 22 de dezembro de 2016, na Rua Estocolmo, bairro Líder em Chapecó. O crime foi por volta das 16h. Os suspeitos seriam dois homens que chegaram em um VW/Voyage cinza, com placas da cidade de Araquari.

O homem foi atingido por pelo menos dois disparos. O Samu e o Corpo de Bombeiros foram chamados, mas, o homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os suspeitos fugiram após o crime.

::: Receba notícias em seu celular


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Polícia Civil apreendeu R$ 117,3 milhões em drogas em 2019
Condenado por porte ilegal de arma é preso em São Lourenço do Oeste
Polícia finaliza investigação sobre personal suspeito de vender anabolizantes irregulares em Chapecó
Réu que matou mulher e escondeu corpo no interior é condenado a mais de 17 anos de prisão
Homem mantém companheira em cárcere privado e é preso pela PM em Chapecó
Suspeito de matar Karine Cavalli é denunciado pelo MPSC
Desentendimento por 10 segundos levou à morte de jovem em Chapecó
Operação Rede Simples investiga possível sonegação de mais de R$ 25 milhões em ICMS no Oeste
Condenado por latrocínio e ocultação de cadáver no RS é preso em Galvão
PMRv faz flagrantes de ultrapassagens indevidas no Oeste