Réu que matou por ciúmes é condenado a 16 anos de prisão em Chapecó

Caso aconteceu em dezembro de 2017 no bairro Efapi.

- Publicidade -
 

Foi condenado a 16 anos de prisão o homem que matou o atual de sua ex-namorada. O crime aconteceu no dia 30 de dezembro de 2017 no Bairro Efapi dentro da casa onde a vítima estava morando com a mulher. O agressor foi condenado a 16 anos de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado por motivo torpe. Ele estava preso preventivamente desde o crime.

O Crime

As ameaças começaram por ligações e mensagens no celular. Uma rede social também serviu para demonstrar a intenção de cometer o crime. A vítima morava há um mês com a ex companheira do acusado. Por volta de 11h10 do dia 30 de dezembro de 2017, o homem foi morto com golpes de faca e facão, dentro da própria casa localizada no bairro Efapi.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp

A história foi apresentada na denúncia do processo que foi a júri popular na comarca de Chapecó, na sexta-feira (8). O agressor foi condenado a 16 anos de prisão, em regime fechado, por homicídio qualificado por motivo torpe. Ele estava preso preventivamente desde o crime. Desta forma, permanecerá no Complexo Prisional de Chapecó.

O conselho de sentença foi formado por sorteio por três mulheres e quatro homens. A defesa foi feita pelos defensores públicos Alexandre Santos Correia de Amorim e Carlos Eduardo da Rocha. O representante do Ministério Público, que atuou na acusação, foi a promotora de Justiça Cândida Antunes Ferreira. A sessão foi presidida pelo juiz Jeferson Osvaldo Vieira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Moradores de São Domingos registram chuva com cor escura
Teodoro e Sampaio farão live para ajudar Sofia Helena
Homem fica ferido em acidente no acesso a Chapecó
PRF recupera veículo que não foi pago e devolve ao dono em Campos Novos
Acidente entre carro e caminhão faz pista ficar perigosa em Formosa do Sul
História em quadrinhos retrata a cultura italiana no Sul do Brasil
Polícia esclarece morte de jovem registrada em junho no Distrito Marechal Bormann
Detonações de rochas serão realizadas em Maravilha nesta sexta-feira (18)
Escola Leonel Brizola desenvolve projeto para estimular a leitura em Chapecó
Motorista fica ferida ao bater em poste na avenida Fernando Machado