Réus são condenados por mutilar e matar Aline Corrêa em Abelardo Luz

Crime aconteceu em abril do ano passado. Vítima foi mutilada e jogada no Rio Chapecó

- Publicidade -
 

Dois homens foram julgados pela morte de Aline Corrêa, de 25 anos em Abelardo Luz. Segundo informações do Tribunal de Justiça, ela foi atacada na madrugada do dia 26 de abril de 2018. Vanderlei Machado Menegais, vulgo “Boxano” de 40 anos, e Valdecir Pinheiro de Souza, de 26 anos, eram acusados de torturar, matar e jogar o corpo da vítima no Rio Chapecó.

Aline foi encontrada três dias depois com seios e mãos amputadas. Ainda conforme o Tribunal de Justiça, os acusados usaram faca, canivete, facão e foice para cometer o crime. Até então o motivo do assassinato não foi esclarecido.

No dia 7 de maio do ano passado, os acusados foram presos em Palmas/PR e Abelardo Luz. Na sexta-feira (17), pouco mais de um ano após o crime – os condenados foram julgados. O júri contou com apoio da Casa Militar e do Núcleo de Inteligência e Segurança (NIS), ambos do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), para reforço da segurança. O acesso ao fórum e à via pública nas proximidades foi restrito em razão do júri.

::: Acompanhe as notícias do dia

Foram mais de 12 horas de julgamento. O homem de 40 anos foi condenado a 15 anos, seis meses e 24 dias de prisão. O condenado de 26 anos recebeu a sentença de 15 anos, mas cumprirá 13 anos, 11 meses e 16 dias por estar segregado desde sua prisão temporária, ocorrida em 4 de maio de 2018. As duas condenações são para o regime fechado. Ambos tiveram negado o direito de recorrer em liberdade.

Uma testemunha de acusação foi chamada para depor novamente após os debates do promotor de justiça e dos advogados de defesa.

 Participe do nosso grupo de WhatsApp 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Motorista perde controle da direção, sai da pista e bate em árvore em Descanso
Depósito é destruído pelo fogo em Chapecó
“Meu propósito foi cumprido e agora é hora de começar outro ciclo”, diz delegado Wagner Meirelles
Incêndio atinge galpão, máquina agrícola, carro e casa no interior de Chapecó
Curso sobre direito à moradia digna é ministrado em Chapecó
Carro capota no centro de Chapecó
Caminhão impróprio para transporte de gado é interceptado em SC
Carro é apreendido com interruptor doméstico improvisado para acender faróis
Prefeitura e moradores recolhem 2,7 toneladas de lixo e recuperam área no Goio-En
Professor Élio Maldaner de Chapecó, recebe o título Mérito Educacional