Saiba evitar o vírus da Covid-19 na superfície dos objetos

Gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse e contato próximo a outras pessoas são as formas mais comuns de contaminação pelo coronavírus

- Publicidade -
 

Agência do Rádio Mais

Gotículas de saliva, espirros, acessos de tosse e contato próximo a outras pessoas são as formas mais comuns de contaminação pelo coronavírus. mas existe outra forma de ser contaminado pela doença, que as pessoas precisam ficar bastante atentas as superfícies de objetos como:

- botão de elevador.
- carrinho de supermercado
- maçaneta.
- porta do carro
- corrimão de escadas.

Para evitar o coronavírus é importante ter atenção e tomar alguns cuidados, como explica a médica pneumologista da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), Patrícia Canto Ribeiro.

“Pois é, ele pode ficar até vários dias, dependendo da superfície, se não for limpo; se não tiver exposição à luz solar; se não for usada nenhuma substância como detergente, desinfetante. Inclusive, a gente tem que ter cuidado para quando a gente chega em casa, higienizar as sacolas que trouxemos da rua, higienizar sempre as mãos, lavar bastante as mãos várias vezes ao dia e tomar cuidado, principalmente, quando a gente frequentar esses lugares como supermercados, áreas comuns de prédios, que são lugares onde as pessoas colocam as mãos, então são lugares que temos de ter bastante atenção”. 

Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas da COVID-19 podem variar de um simples resfriado até uma pneumonia severa. Os mais comuns são tosse, febre, coriza, dor de garganta e dificuldade para respirar.

Não aba mão da distância mínima de 2 metros entre você e as outras pessoas nos estabelecimentos comerciais, além do uso de máscara. Lave bem as mãos e faça uso do álcool em gel depois de manusear objetos e equipamentos.

A melhor forma de evitar o coronavírus é se protegendo. Se você tem dúvida se está com coronavírus, basta ligar para 136 ou acessar no chat pelo site saude.gov.br/coronavírus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Covid-19: SC registra 2.609 mortes
SC tem apenas uma região em estado gravíssimo na classificação de risco para Coronavírus
HRO tem ocupação de 48,6% das UTIs Covid em Chapecó
SC já registrou 2.593 mortes por Covid-19
Número de recuperados do coronavírus passa de 6,4 mil em Chapecó
59° óbito por covid-19 é registrado em Chapecó
Cata-ventos para comemorar alta de pacientes curados da covid-19 em Xanxerê
Chapecó tem 200 casos ativos de coronavírus
SC tem 2.543 mortes por covid-19
Testes com vacina de Oxford recomeçam nesta segunda-feira (14) no Brasil