Samu ensina técnicas de primeiros socorros a alunos do Cedup de Chapecó

Aula especial aconteceu no dia 5 de julho para alunos do curso técnico em enfermagem

- Publicidade -
 

Uma aula especial aconteceu na sexta-feira (5), no CEDUP convidou dois socorristas do SAMU de Chapecó para aula especial de prática de laboratório. As coordenadoras Ione Terezinha de Sá, do CEDUP, Tânia Arpini, do curso técnico em enfermagem e a orientadora de laboratório Jerusa Fumagali, contaram com a experiência dos profissionais para falarem sobre primeiros socorros.

::: Participe do nosso grupo de WhtasApp :::

Em situações como estas, quando atendidas rápidas, evitam o agravamento do problema e até a morte da vítima que precise de socorro. A professora, Leidinara Prestes, e os dois socorristas, Leidinara de Oliveira e Eder da Cruz falaram e demonstraram atendimentos a acidente de trânsito, politrauma, hemorragia e parada cardiorrespiratória. Foram abordadas também as possibilidades de qualquer pessoa que presencie a cena, atender casos assim mesmo não estando de serviço em uma ambulância.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região

Na aula especial, as alunas colocaram em prática os conhecimentos, participando das simulações em sala de aula. De acordo com os socorristas do Samu, a aula foi útil não só para as futuras profissionais, como também para todos os que convivem com elas, pois “foram motivadas a compartilhar esse conhecimento para que as pessoas saibam como agir em uma situação como essas”, comentou Neila Gregorio.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

9 cursos para quem gosta de animais
Moeda Verde promove ação no Dia Mundial da Limpeza
5ª Semana Farroupilha do shopping de Chapecó tem diversas atividades
Pedras se desprendem e caem em rua de Concórdia
Domingo é dia sem carro na Avenida Getúlio Vargas em Chapecó
Carro da Epagri se envolve em acidente na BR-158 em Cunha Porã
Mulher é atropelada na faixa de pedestres em Chapecó
Seis cidades do Oeste oferece cursos de Português para estrangeiros
Números de vagas em ensino superior a distância é maior que presencial
Mulher que invadiu casa em Florianópolis para salvar cão é absolvida