Santa Catarina descarta casos suspeitos do coronavírus

Casos suspeitos foram divulgados pelo Ministério da Saúde, mas já haviam sido descartados pela Dive de SC

- Publicidade -
 

A Secretaria de Saúde Santa Catarina (SES) por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC), divulgou nota que os dois casos suspeitos do coronavírus divulgados nesta quarta-feira, 29, pelo Ministério da Saúde, em coletiva, já foram descartados.

Os resultados do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) deram positivo para Influenza B (gripe).

Os pacientes, um casal que mora em São José/SC, viajaram no dia 26 de dezembro de 2019 e retornaram no dia 12 de janeiro de 2020. Eles partiram de São Paulo com destino a Bangkok, fizeram conexão em Madri e escala em Pequim, capital chinesa, onde passaram 12 horas.

A mulher de 29 anos começou a apresentar sintomas no dia 25 de janeiro e o homem, 28 anos, no dia 28 de janeiro. Ambos procuraram atendimento médico na terça-feira, 28, na UPA Continente em Florianópolis, com falta de ar, dores musculares, febre, tosse e coriza.

Após o atendimento, os pacientes tiveram alta e receberam instruções para permanecerem em isolamento em suas residências, sem receber visitas ou sair de casa para lugares públicos.

O teste foi realizado pelo Lacen, que confirmou nesta quarta-feira, 29, que eles foram infectados pelo vírus influenza B, da gripe.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais de mil pessoas já se vacinaram contra o Sarampo em Chapecó
Equipamento para agilizar identificação de vírus respiratórios chega a SC
SC amplia faixa etária da Campanha de Vacinação contra o sarampo
Aumento de casos de sífilis causa alerta no Brasil
Dicas saudáveis e criativas para a lancheira da garotada
Santa Catarina descarta casos suspeitos do coronavírus
Unimed Chapecó divulga nota de informação sobre o coronavírus
Confirmado primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil
Pesquisadores desenvolvem software para diagnosticar melanoma
64 macacos morreram com suspeita de febre amarela em SC em 2020