Segurança na fronteira e ações de inteligência são focos de encontro em Chapecó

1ª Reunião de Forças de Segurança é promovida pela Diretoria de Fronteira da Polícia Civil e reuniu PM, PMRv, Polícia Federal, Civil, e também as forças de segurança argentinas na manhã desta quarta-feira (9)

- Publicidade -
 

Representantes das polícias Civil, Militar, Rodoviária e Polícia Federal de Santa Catarina e também da polícia Argentina estiveram reunidos em Chapecó na 1ª Reunião de Forças de Segurança. O foco do encontro foi estreitar o relacionamento entre as equipes brasileiras e argentinas, para promover ações de fortalecimento da segurança e de inteligência na região da fronteira entre os dois países.


O encontro é organizado pela Diretoria de Fronteira (DiFron) da Polícia Civil e foi realizado no auditório da 12ª Delegacia Regional de Chapecó.


O diretor de Fronteira, delegado Carlos Morbini, falou sobre o objetivo do encontro. “Discutir estes assuntos (relacionados aos crimes transfronteiriços), para que tenhamos contato maior entre as agências de inteligência. Promover que todos se conheçam e possam discutir quais as melhores formas de trocar informações e da maneira mais rápida possível”, detalhou.


Ele lembra que os 82 municípios que ficam na fronteira fazem parte da área da Difron e que todos os policiais destes municípios também são policiais da fronteira. “Firmamos acordos com o Governo do Estado e Federal para receber mais recursos na fronteira e temos essa responsabilidade muito grande”, comenta.

 

Missão mais forte feita em conjunto


O delegado da Polícia Federal de Chapecó, Fabrício Argenta, comenta que a rede de contato é fundamental para o combate aos crimes cometidos na fronteira. “Hoje um órgão sozinho não consegue dar o combate adequado, é preciso essa integração”, pontua.Ele lembra que um passo importante foi o acordo feito com o Mercosul que permite a possibilidade que a perseguição mesmo em uma faixa do país vizinho, enquanto um crime está em andamento. “Só acontece com integração e ações de inteligência, porque é preciso desestruturar essas organizações criminosas”, comenta.


O delegado regional de Chapecó, Ricardo Casagrande, também salientou que o encontro pode permitir a criação de possíveis protocolos para essa troca de dados de inteligência. Ele lembrou que a efetivação das atividades da Rota do Milho também é um dos pontos a ser discutido, já que vai aumentar consideravelmente o fluxo de veículos passando pelo Paraguai, Argentina e Brasil, principalmente em Santa Catarina.


“É um assunto que interessa tanto a polícia brasileira quanto a argentina, por isso a presença de todos e também do prefeito (Luciano Buligon) aqui, tratando sobre a rota do milho, também facções e para fazermos o ajuste fino no sentido de combater esses ilícitos transfronteiriços”, comentou.

 

Maior trânsito também dentro da Argentina


O comissário major, Henrique Eugênio Camargo, chefe da 12ª Unidade Regional da Polícia da Província de Missiones também acompanhou o encontro. Ele reforça que esse contato é fundamental. “Porque o fluxo de informação que se pode canalizar tanto pelas forças federais e do estado do Brasil com a Argentina é valioso. Nós, em Missiones, teremos em breve inaugurado o trânsito da Rota do Milho, mas não só isso, também a maior quantidade de mercadorias e produtos que vem do Chile, Bolívia, Paraguai. E esse contato é uma forma de a gente combater esses criminosos que não tem fronteira”, disse.

 

Palestra com o prefeito


Durante o encontro, o prefeito de Chapecó e presidente do Bripaem (Bloco Regional de Intendentes, Prefeitos, Alcaldes e Empresários do Mercosul), Luciano Buligon, falou a respeito das atividades da rota do milho. “Temos um viés que é entender a política transfronteiriça e nós precisamos aproximar os interesses, principalmente de Missiones e de SC e também das políticas fronteiriças entre Argentina e Paraguai. Vamos vencendo essas etapas criando ambientes e buscando soluções. E essa reunião é uma forma de união de esforços para isso”, destacou. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mulher é presa ao furtando floricultura em Chapecó
Adolescente é apreendido com cocaína, maconha e crack em Xanxerê
Suspeito de ameaçar ex-mulher e familiares é preso em Chapecó
Cigarros apreendidos, estabelecimentos fechados e uma pessoa presa em operação no Extremo Oeste
Jovem de 18 anos pede água na casa de idosa e furta celular dela em Pinhalzinho
Moto é furtada e recuperada no mesmo dia em Chapecó
Casal de noivos morre após se envolver em acidente com caminhão de Chapecó
Detento foragido é encontrado dentro de aviário em São Miguel do Oeste
PM apreende arma que seria usada em cobrança de dívida de tráfico em Chapecó
Dupla suspeita de furtar botijão de gás é detida em Chapecó