Senado vai debater indenizações pendentes às famílias das vítimas do voo da Chape

Encontro será na Comissão de Relações Exteriores, em Brasília (DF)

- Publicidade -
 

A situação das famílias das vítimas do voo da Chapecoense será tema de audiência pública nesta quinta-feira (15), às 10h, na Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, em Brasília (DF). O debate será sobre as pendências judiciais, securitárias e indenizatórias, de acordo com requerimento dos senadores Nelsinho Trad (PSD/MS), Espiridião Amin (PP/SC) e Marcos do Val (Cidadania/ES).

Foram convidadas para a audiência 27 pessoas. Entre elas, estão o procurador da República de Chapecó, Carlos Humberto Prola Júnior, o primeiro-secretário da embaixada da Bolívia, Faleg Valdez Cópas, os atletas sobreviventes Neto e Follmann – este teve parte da perna direita amputada e hoje é embaixador do Verdão –, além de representantes da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense (AFAV-C). A reunião será transmitida ao vivo pelo site www12.senado.leg.br/ecidadania/principalaudiencia.

Em 29 de novembro de 2016, um avião da companhia boliviana LaMia, que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, caiu a poucos quilômetros do destino, deixando 71 mortos. Seis pessoas sobreviveram: além de Follmann e Neto, o jogador Alan Ruschel, o jornalista Rafael Henzel – morreu em março deste ano vítima de um infarto – e os tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suárez.

FONTE: Agência Senado

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Famílias de vítimas da tragédia do voo da Chapecoense se reúnem com Bolsonaro
Chapecoense vence o Avaí e respira no Brasileirão
Chapecoense perde e sai atrás na disputa pelo título catarinense sub-20 contra o Avaí
A hora é agora! Chape recebe Avaí para acalmar ambiente ou aumentar crise no Brasileirão
Chapecoense começa a decidir contra o Avaí o título do Campeonato Catarinense Sub-20
Barraquinha da Chape está no Centro
Contra o Avaí, Emerson Cris deve repetir na Chapecoense o time do empate com o Grêmio
Neto se emociona em reunião no Senado. Tragédia da Chape será tratada com Bolsonaro
Chape paga valor em carteira aos atletas, mas direito de imagem está com 3 meses de atraso
Volante da Chape, Márcio Araújo trata jogo contra o Avaí como um divisor de águas no Brasileirão