Texto aprovado pela Alesc agrada o governo do Estado

Secretário Douglas Borba afirma que a espinha dorsal foi mantida, ou seja, dentro dos pilares da economicidade

- Publicidade -
 

O secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, afirmou que o governo estadual está satisfeito com o texto da reforma administrativa aprovado na tarde de quarta-feira (22) pela Assembleia Legislativa do Estado. Ele acompanhou pessoalmente a votação da proposta.

“É um texto que agrada o governo. O governo cedeu em alguns pontos, o Parlamento cedeu em outros. Mas a espinha dorsal foi mantida, ou seja, dentro dos pilares da economicidade, da eficiência da máquina pública, o objetivo do governo foi mantido”, afirmou o secretário.

Últimas notícias

Borba ressaltou que o modelo proposto na reforma já vem sendo testado desde o início do governo de Carlos Moisés (PSL), com bons resultados. O projeto aprovado também mantém a economia anual, estimada em R$ 125 milhões anuais, prevista pelo Executivo.

Cultura

Douglas Borba informou que o governo encaminhará para a Alesc, até julho, um projeto de lei para criar um fundo específico para o financiamento da cultura. Segundo o secretário, tal medida é necessária para que o Estado tenha acesso a recursos federais para a área.

A deputada Luciane Carminatti (PT) pretendia apresentar uma emenda em Plenário, durante votação da proposta da reforma, para a criação do fundo, entretanto, diante do anúncio do secretário da Casa Civil, decidiu aguardar o envio do projeto à Alesc.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Fecam aponta prejuízos com a retirada de incentivo fiscal
Marlene Fengler defende pautas da região Oeste
HRO precisa de R$ 2,5 milhões por mês para viabilizar trabalhos na nova ala
Bolsonaro se reúne com parlamentares catarinenses
Vice-governadora defende o setor produtivo catarinense
Governador de SC recebe deputados na Casa d’Agronômica
Organização de fórum de agronegócio pede apoio da Bancada do Oeste
PL planeja ações em Santa Catarina de olho em 2020
Bancada catarinense define pauta para reunião com Bolsonaro
Deputados pedem audiência com governador sobre suspensão de isenção de ICMS