Transporte urbano teve mais de 13 milhões de passageiros em 2019

Esse número representa 4,2% a mais do que em 2018

- Publicidade -
 

Mais de 13,2 milhões de passageiros transportados é o principal número de balanço feito pela Auto Viação Chapecó quanto às atividades de 2019 como concessionária do transporte coletivo urbano. Foram exatamente 13.225.066 passageiros que utilizaram as 24 linhas atendidas na cidade, com a média mensal de 1 milhão e 102 mil usuários. Esse número representa 4,2% a mais do que em 2018, ano em que a empresa não atuava em quatro linhas atendidas por outra empresa, mas comparativamente há 15 anos a elevação é pequena. 

Historicamente, em 2005 foi quando a empresa teve seu maior percentual de aumento em relação ao ano anterior, de 4,6%, com 12 milhões e 275 mil passageiros transportados, e havia uma segunda empresa na atividade. Comparando o ano passado com 2005, houve elevação de 30,2%, mas foram incluídas quatro linhas que a Transportes Tiquin atendia.

A relação entre a evolução do total de passageiros transportados e a população do município tem diferença substancial no período de 15 anos, ou seja, o número de habitantes cresce, mas o de usuários do transporte coletivo não acompanha, assinala o diretor de Negócios da Auto Viação Chapecó, João Carlos Scopel Filho. 

Em 2005 a população de Chapecó era de 169,2 mil (Santa Catarina em Números/Sebrae), enquanto em 2019 a estimativa do IBGE foi de 220,3 mil, o que dá uma diferença de 30,2% a mais. Já entre os 12,2 milhões de passageiros transportados em 2005 e os 13,2 milhões em 2019, a elevação foi de 8,2%.

Scopel Filho atribui essa discrepância ao favorecimento do veículo individual em lugar do transporte coletivo. Também cita a não existência de vias preferenciais, como corredores de ônibus, que permitiriam maior pontualidade e agilizariam as viagens e as operações em geral.

Principal linha e volume de gratuidades

O percurso de maior movimento no ano passado foi a Linha Tomazelli, com 4.269.282 passageiros transportados e a média mensal de 355,7 mil. Do total de usuários no ano passado, 31%, ou 4,09 milhões representam gratuidades, como é o caso de idosos, estudantes, pessoas com deficiência e acompanhantes, a passagem para estudante a R$ 1,10, o que representa desconto de 64% sobre o valor normal do passe, e o uso de dois trajetos na integração.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Motorista fica ferido ao despencar com veículo em ribanceira em Capinzal
Intercambistas da Colômbia e Peru estudarão na Unochapecó
Atenção eleitor: prazo para regularizar situação do título termina em maio
Homem é preso por porte ilegal e disparo de arma de fogo no interior de Chapecó
Caminhão sai da pista e cai em ribanceira em Xaxim
Unochapecó recebe Prêmio Inovação Catarinense
Confira o que abre o que fecha durante o Carnaval em Chapecó
Começando uma nova história
Saiba como fica o funcionamento nos bancos neste Carnaval
Cordilheira Alta vedará contratação direta de empresas de parentes de agentes públicos