TRE decide a favor da desfiliação do deputado Ivan Naatz do PV

Por unanimidade, os desembargadores entenderam que há justa causa para a troca de partido

- Publicidade -
 

Na última sessão judicial deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) acolheu, por unanimidade, ação declaratória de existência de justa causa para desfiliação partidária proposta pelo deputado estadual Ivan Naatz contra a direção executiva estadual do Partido Verde (PV), durante o julgamento realizado nesta quinta-feira (12).

O relator do processo, desembargador Jaime Ramos, acolheu a tese de defesa e parecer do Ministério Público Eleitoral pela desfiliação enfatizando que, de acordo com o conteúdo probatório, “não restou dúvidas de que o parlamentar sofreu grave discriminação política e pessoal, além de constrangimento moral por parte do presidente estadual do PV, Guaraci Fagundes”.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

“O deputado foi excluído da composição da executiva estadual e das decisões partidárias, mesmo sendo membro nato, além de suspensão unilateral, entre outras discriminações”. O acórdão com a decisão do TRE/SC deve ser publicado nesta sexta-feira (13) e abre caminho para nova filiação partidária do parlamentar sem perder o mandato de deputado.

Naatz considerou que foi feita justiça no caso e destacou a atuação de seu advogado, Filipe Mello, acrescentando que a sensação é de liberdade e que “romperam-se as algemas partidárias”. Já o procurador regional eleitoral, André Stefani Bertuol, em seu parecer pela procedência da ação, destacou aos problemas dentro da agremiação partidária.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

Conforme ele, o presidente estadual do PV “com efeito, está nesse cargo há dez anos e vem agindo como se dono do partido fosse, como uma espécie de cacique regional, de forma autoritária e, mais recentemente, decidindo que somente ele é quem pode fazer filiações naquela grei partidária”, escreveu Bertuol.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nova regra sobre taxas cobradas nos cartórios em SC entra em vigor em março
Lideranças costuram nova via para a eleição em Chapecó
Prefeito de Concórdia é o novo vice-presidente estadual do PSDB
Governador sanciona leis sobre benefícios fiscais em SC
Comissão Especial se reúne para avaliar Código de Posturas de Chapecó
As mudanças administrativas na Prefeitura de Chapecó
Nova denúncia do MPF no âmbito da Operação Alcatraz envolve 11 pessoas
Despachantes de Santa Catarina poderão expedir documentos de veículos
Cinco pré-candidatos despontam na corrida à Prefeitura de Chapecó
“A manutenção das rodovias do Oeste deve ser prioridade”, diz Valdir Cobalchini