Unochapecó recebe intercambistas da Colômbia

Eles vão permanecer por um semestre na Uno e vão estudar nos cursos de Agronomia, Administração, Direito e Educação Física

- Publicidade -
 

A Unochapecó está sempre de portas abertas para o conhecimento e para as pessoas. Devido à chegada dos seis intercambistas da Colômbia, foi realizada uma reunião na última sexta-feira (9), para repassar todas as informações sobre a Universidade e a cultura do país. 

>> Últimas notícias <<

A intenção é que os visitantes se sintam mais à vontade e confortáveis nessa nova fase. Eles vão permanecer por um semestre na Uno e vão estudar nos cursos de Agronomia, Administração, Direito e Educação Física. Alguns deles também farão estágios na Rede de Inovação e no Laboratório de Solos, o que proporciona uma integração maior e, consequentemente, uma troca de cultura e informações.

De acordo com a analista da Assessoria de Relações Nacionais e Internacionais da Unochapecó (Arni), Liana Sonza, o intercâmbio acadêmico promove o desenvolvimento pessoal do estudante e prepara-o para o mercado de trabalho internacional. Além de desenvolver competências como independência, flexibilidade e aprimoramento de outro idioma.

Liana ressalta que o objetivo da universidade é promover um período de estudos enriquecedor para os estudantes que vem para a Unochapecó e que eles possam utilizar o conhecimento adquirido no Brasil, quando retornarem ao seu país de origem. Além disso, é uma oportunidade para estudantes e professores conviverem com estrangeiros e conhecer um pouco da cultura que trazem, além de aprender um pouco do idioma de origem deles.

Uma das intercambistas, Olga Alejandra Llano Marín, está matriculada no curso de Agronomia e decidiu vir para Chapecó por visualizar as oportunidades, devido à cidade ser um polo do agronegócio. "Eu vi na cidade uma grande oportunidade para aprender mais. Assim que cheguei notei que a Unochapecó é muito grande, desenvolvida e dinâmica, repleta de pessoas acolhedoras", comenta. 

O maior objetivo de Olga é aprender na Universidade e levar novos conhecimentos para seu país, ao colocar em prática todas as experiências vividas em Chapecó. "Isto não só enriquece o conhecimento dentro da carreira que realizamos, mas também nos testa em nossas vidas diárias. Nós crescemos como pessoas e aprendemos a ver o mundo com outros olhos, como cidadãos do mundo", finaliza.


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Criança de um ano morre afogada em caixa de água em São Miguel do Oeste
Chapecó tem 375 vagas de emprego pelo Sine/SC
Carro tem frontal danificada após bater com caminhão em Caibi
Homem morre após cair de telhado de chiqueiro em Faxinal dos Guedes
Palestras e novo portal marcam os 90 anos da Ciência Logosófica
Sarau Nuvem Colona abre inscrições para curso de criação e performance literária em Chapecó
Governo do Estado entrega 76 novas viaturas da Polícia Militar a 34 municípios
Incêndio destrói quarto de apartamento no bairro Efapi
Homem fica gravemente ferido ao ser atropelado por trator em Cunha Porã
Trabalhador fica ferido após ser atingido por eucalipto em Xanxerê