“Vai ser minha volta por cima”, garante o zagueiro Joílson sobre temporada na Chapecoense

Defensor aposta em sequência de ano positiva dele e do time

- Publicidade -
 

O momento é de indefinições no futebol por conta da pandemia do novo coronavírus. Os clubes brasileiros ainda não sabem quando as competições serão retomadas e, por isso, deram férias aos jogadores. Mesmo assim, o zagueiro Joílson já projeta a sequência da temporada com a camisa da Chapecoense e mostra confiança.

“Acredito que vai ser minha volta por cima. No ano passado, tive algumas infelicidades com lesões, foi bem difícil. Agora começou diferente, tive oportunidades. Começando a Série B, é um momento diferente, não só para mim, mas para todo o grupo. Vão ter algumas mudanças, o que é normal, em relação ao grupo. Devem chegar reforços para qualificar o elenco. Série B é um campeonato muito difícil, muito nivelado, muito mais forte que o Catarinense”, comentou o defensor.

Apesar da dificuldade prevista na segunda divisão nacional, Joílson acredita que o Verdão pode realizar uma grande campanha, desde que haja foco. “Tem que entrar focado, porque talvez lá na frente a gente não tenha tempo de recuperação. Usar esse tempo em que estamos parados para refletir naquilo que a gente deixou a desejar no Catarinense para fazer um bom campeonato. Tenho certeza que, entrando focado, vamos conquistar grandes coisas”, afirmou.

Após duas semanas de quarentena, o elenco da Chape entrou em férias nesta quarta-feira (1), indo até 20 de abril, com possibilidade de prorrogação por mais 10 dias. A orientação é manter o isolamento social e se exercitar em casa para manter a forma. “Nas férias eu não tenho esse problema de ganhar peso, mas procuro me cuidar. Renunciar aquele bolinho da esposa, aquele churrasquinho a mais na semana, caso contrário o sacrifício é maior na pré-temporada. Isso minimiza a perda (de condicionamento), mas a gente vai perder, é normal. Treino em casa não é a mesma coisa”, observou.

Para Joílson, a paralisação dos jogos pode ser vista de duas maneiras. “O nosso time vinha em uma ascensão legal no Catarinense – são cinco jogos de invencibilidade no campeonato –, time crescendo, jogando bem. Porém, essa parada também vai dar tempo para o Umberto Louzer estudar melhor o time, as peças que ele tem na mão”, analisou.

Joílson, 28 anos, chegou à Chapecoense no início de 2019, depois de duas temporadas como titular no Oeste (SP). Ele fez 15 jogos com a camisa verde-branca: oito no ano passado, quando marcou um gol, e sete neste. No segundo semestre da última temporada, o paulista de Osasco defendeu o São Bento na Série B. O zagueiro jogou 16 partidas pela equipe de Sorocaba (SP), que caiu para a Série C.

Sem previsão

As quartas de final do Estadual estão suspensas. São necessárias ainda seis datas para finalizar o certame, mas a Federação Catarinense de Futebol não dá uma previsão de retomada, devido ao surto de Covid-19. Especula-se o cancelamento dos estaduais. A Série B iniciaria no dia 1º de maio, mas não deverá começar nesta data. Os clubes pediram às federações e à CBF pelo menos 20 dias de preparação antes do reinício das partidas oficiais. Na melhor das hipóteses, a Série B não começará antes de 10 de maio, pelo fato de os times não voltarem de férias antes do dia 20 de abril, mas isso dependerá, principalmente, do nível de proliferação do vírus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais um reforço! Chapecoense anuncia a contratação do volante Willian Oliveira
Chapecoense anuncia a contratação do atacante Fernandinho
Alan Ruschel garante desejo de ficar na Chapecoense, mas avisa: futebol é feito de oportunidades
É outra motivação, afirma Anderson Leite sobre a volta dos treinos presenciais na Chape
Sócio da Chapecoense terá novos descontos em estabelecimentos conveniados
Volante Alan Santos sobre a volta dos treinos na Chapecoense: Muita alegria
Vini Locatelli avalia volta aos gramados: A Chape está nos dando toda a segurança
Técnico Umberto Louzer valoriza marca na Chapecoense: 100 dias é um número expressivo
Avaliações físicas marcam volta dos atletas da Chape ao CT
Dois dos 260 testes para covid-19 na Chape deram positivo. Clube volta a treinar quarta (27)