Vereador de Chapecó apela por não privatização dos Correios

Siqueira diz que a empresa é uma das mais confiáveis no País e cumpre importante papel social e econômico

- Publicidade -
 

O vereador de Chapecó, João Siqueira (PP), teve moção de apelo aprovada na Câmara Municipal. O texto apela por não privatização dos Correios. Segundo Siqueira, a empresa é uma das mais confiáveis no País e cumpre importante papel social e econômico ao não utilizar dinheiro de impostos para manter-se.

No Brasil, os Correios realizam os serviços de pagamento de benefícios sociais, logística de eleições, distribuição de livros didáticos, distribuição de medicamentos, transporte e entrega de encomendas e correspondências. Além disso, de recebimento de impostos e taxas e ainda atendimento de serviços financeiros.

::: Participe do nosso grupo de WhatsApp :::

Para o vereador, a privatização do órgão prejudica principalmente a geração de empregos no País, que já está defasada. “Os Correios empregam 105 mil trabalhadores. Neste momento em que o mercado de trabalho está passando por dificuldades, surge uma proposta de privatizar a empresa e retirar direitos”, comentou.

::: Acompanhe as últimas notícias de Chapecó e região :::

“Isso vai afetar grande parte da classe trabalhadora”, complementou Siqueira. A moção de apelo segue agora para Brasília (DF), com destino ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e ao presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Moção pede redução de salários e de verba de gabinete na Alesc
Auri Casalli assume presidência do PSB em Chapecó
Fórum discute estratégia para minimizar impactos do coronavírus
Janela para troca de partido encerra nesta sexta-feira (3)
Deputados estaduais aprovam projetos sobre recursos do Badesc
Vereadores de Chapecó pedem medidas emergenciais para falta de água
Marcio Sander se filia ao PSDB e é pré-candidato a prefeito
Obras do Elevado são retomadas em Chapecó
Vereadora Marcilei Vignatti se filia ao PSB de Chapecó
Câmara de Pinhalzinho é pioneira no Brasil em realização de sessão online