Volante Alan Santos sobre a volta dos treinos na Chapecoense: Muita alegria

Jogador está recuperado de lesão no joelho e à disposição do time

- Publicidade -
 

A volta aos treinos presenciais era aguardada com ansiedade pelo volante Alan Santos. Apontado como uma das principais contratações da Chapecoense na temporada, o jogador de 29 anos se machucou logo na estreia e não voltou mais aos gramados. Recuperado, ele vive a expectativa de poder ajudar o clube do Oeste catarinense dentro das quatro linhas.

“Essa retomada das atividades, pra mim, é de muita alegria. Como a gente tem comentado do novo futebol, estamos tendo que nos adaptar aos protocolos de segurança, trabalhar em grupos pequenos, com coisas individuais, saindo de casa pronto e voltando do jeito que a gente sai. Tem sido um período de adaptação, mas é muito melhor do que ficar trabalhando em casa, em videochamada. Era um trabalho muito bom, mas totalmente contrário da nossa rotina. A gente gosta de trabalhar com bola”, relatou.

As atividades do CT da Água Amarela, retomadas na última quarta-feira, ocorrem em período integral. Os atletas foram divididos em grupos – separados por posições – para cumprir todos as medidas de segurança sanitária. “Nós temos um departamento médico muito qualificado e experiente, que está tratando tudo com prudência para que possa voltar de maneira segura, cumprindo todos os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde, pela Federação e pelo governo. Tem sido muito importante”, comentou.

Ex-atleta de times importantes como Santos, Botafogo e Coritiba, Alan Santos, que rescindiu o contrato com o Tigres, do México, antes de acertar com o Verdão, afirma que o foco do elenco é o acesso na Série B do futebol brasileiro: “Com certeza, o grupo vai fazer o melhor trabalho para que venha a se cumprir o grande projeto do ano da Chapecoense, que é subir pra Série A”.

Até o momento, Alan Santos jogou apenas 45 minutos com a camisa da Chape. Foi na derrota por 1 a 0 para o Marcílio Dias, em Itajaí, pela Série A do Estadual, no dia 9 de fevereiro. Ele saiu no intervalo com uma lesão no joelho. O meio-campista não precisou fazer cirurgia e já está apto a defender o time verde-branco.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Chapecoense cria vaquinha virtual para honrar compromisso com os colaboradores
Atacante Roberto, da Chapecoense, segue internado após diagnóstico de coronavírus
Chapecoense volta para Chapecó e prepara nova rodada de testes para covid-19
Federação Catarinense adia jogos das quartas de final
Chapecoense vence o Avaí no retorno do Campeonato Catarinense
Chapecoense e os consulados de Grêmio e Inter se unem em ação solidária em Chapecó
Vamos torcer juntos pelo Verdão!
É hoje! Jogo entre Chapecoense e Avaí marca o retorno do Catarinão 2020
Chapecoense fará novos exames para covid-19 nos jogadores
Goleiro João Ricardo: temos que manter o sistema defensivo forte