Zagueiro da Chapecoense, Hiago, revelação do clube, projeta retorno 'ainda melhor'

Jogador engatou sequência de três jogos como titular na Série A do Catarinense antes da paralisação por causa do novo coronavísu

- Publicidade -
 

Hiago é um dos jogadores com mais tempo de clube no atual elenco da Chapecoense. O jovem zagueiro, de 22 anos, chegou à Arena Condá em 2013 e desde a última temporada tem ganhado espaço no time profissional.

Antes da paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, o defensor engatou uma sequência na Série A do futebol catarinense. Ele atuou como titular nas últimas três rodadas e não sofreu nenhuma derrota neste período. Foram duas vitórias e um empate. Além disso, com Hiago em campo, a defesa verde-branca sofreu apenas um gol. A sequência positiva confirmou a reação da equipe, que garantiu uma vaga nas quartas de final do torneio.

“Tivemos um início de Estadual complicado, mas conseguimos reagir nas últimas rodadas. Fiquei muito feliz em poder contribuir para a nossa classificação aos mata-matas. Busquei aproveitar ao máximo todas as oportunidades que recebi e creio que essa invencibilidade coroou o trabalho realizado no dia a dia”, ressaltou o atleta.

Em Chapecó desde o início da quarentena, Hiago seguiu treinando em casa mesmo durante o período de férias, que ocorreu ao longo do mês de abril. Na última semana, o zagueiro e os demais atletas da Chape retomaram as atividades junto com a comissão técnica da agremiação, em trabalho realizado de forma online.

“Segui treinando em casa mesmo durante o período de férias, pois quero estar na melhor condição possível quando retornarmos. Começamos a realizar alguns trabalhos com o auxílio da comissão técnica na última semana e isso tem ajudado bastante”, contou Hiago.

“Estou muito motivado, mas sei que nesse momento precisamos ser pacientes. Tenho certeza que, se tomarmos todos os cuidados e seguirmos as recomendações das autoridades de saúde, logo venceremos essa luta contra o coronavírus”, finalizou Hiago.

Determinações

Decreto do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, proíbe a prática de esportes coletivos no Estado, devido ao avanço da covid-19. Assim, os jogadores fazem atividades físicas em casa, orientados pela comissão técnica por videoconferência. Mas, desde esta segunda-feira (11), já é possível realizar trabalhos, com restrições, nos ambientes dos clubes.

O Catarinão está suspenso por tempo indeterminado. São necessárias mais seis datas para finalizar a competição, que encerraria no dia 26 de abril. Também não há previsão para o início do Campeonato Brasileiro. A Série B deveria ter começado em 1º de maio.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais um reforço! Chapecoense anuncia a contratação do volante Willian Oliveira
Chapecoense anuncia a contratação do atacante Fernandinho
Alan Ruschel garante desejo de ficar na Chapecoense, mas avisa: futebol é feito de oportunidades
É outra motivação, afirma Anderson Leite sobre a volta dos treinos presenciais na Chape
Sócio da Chapecoense terá novos descontos em estabelecimentos conveniados
Volante Alan Santos sobre a volta dos treinos na Chapecoense: Muita alegria
Vini Locatelli avalia volta aos gramados: A Chape está nos dando toda a segurança
Técnico Umberto Louzer valoriza marca na Chapecoense: 100 dias é um número expressivo
Avaliações físicas marcam volta dos atletas da Chape ao CT
Dois dos 260 testes para covid-19 na Chape deram positivo. Clube volta a treinar quarta (27)